Segunda, 06 Abril 2020 12:01

Tire o pé da parede !!! Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Gotham !!! Gotham !!!

Crônicas da Cidade Fantasma - Gotham City

Com certeza as novas gerações não imaginam a razão de São Caetano ter apelido de Gotham City. E se você também não compreende, tentarei explicar.

Coincidência ou não, a atmosfera nublada e tóxica emitida pelas refinarias e indústrias automobilísticas ao longo de décadas gerou em algumas cidades do mundo, o surgimento de comportamentos e conceitos radicais, e medidas as proporções, o ABC e São Caetano sempre se assemelharam a esses polos industriais.

Via de acesso com o mundo exterior, a estação de trem de São Caetano trazia modernidade e recursos a cidade, e próxima a estação haviam as empresas IRFM - Indústrias Reunidas Fábrica Matarazzo, fundada em 1891 e fechada em 1987 – e quem viu de perto a ascensão, a queda e o abandono do maior complexo industrial do Brasil, talvez compreenda a razão de São Caetano ser associada à poluída Gotham City.

Procedente do cenário de trevas das fábricas do antigo subúrbio operário, essa moeda cultural favoreceu o nascimento de uma lenda urbana, onde São Caetano começou a ser comparada à sombria cidade de Batman.

Além das ruínas decadentes, dos resíduos químicos e das chaminés abandonadas, essa semelhança acabou se tornando possível devido ao cenário de abandono de outras indústrias, que geraram uma paisagem de trevas e pânico social a cidade.

Outro fator que contribui com esta mística, foi que o ano de 1989 marcou os 50 anos da criação do personagem de histórias em quadrinhos Batman, e também o lançamento do filme Batman, de Tim Burton, e através de um grupo de amigos, começa a se difundir uma teoria conspiratória que comparava São Caetano com a metrópole do herói mascarado.

Completando este cenário batmaníaco, neste mesmo ano acontece na Danceteria Zoster a Festa dos Super Heróis, que reuniu dezenas de amigos, antecipando o estilo Cosplay.

Além dessa semelhança, o que levou São Caetano a ser relacionada à cidade do Batman, era o grande número de grafiteiros que invadiam as madrugadas, expondo sua arte nos enegrecidos muros da cidade, fazendo com que o grafite deixasse de ser uma arte marginal e redimensionasse o caos urbano. 

Em contraste com o surgimento de dezenas de novos edifícios, que criavam sombras nos muros do conservadorismo e estreitavam os abismos urbanos, era comum se deparar com batalhões de super heróis nos muros do centro da cidade, até na entrada principal do município, existia um gigantesco mural anunciando:

"Bem Vindo a Gotham City".

Ler 97 vezes Última modificação em Terça, 07 Abril 2020 11:29
Ricardo Martins

Jornalista - Meados dos anos 80 montou o Rocker Jornal e depois a loja de discos Rick and Roll,  seu atual escritório artístico, que se tornou referência de várias gerações.

Mais nesta categoria: « Ruidos

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.